terça-feira, 5 de julho de 2011

A FAMÍLIA TANAJURA E A RELIGIÃO CATÓLICA

A Família Tanajura sempre teve forte ligação com o catolicismo em Livramento. Desde tempos passados são numerosos os devotos de Nossa Senhora do Livramento da família Tanajura. Muitos membros desta família já foram festeiros da padroeira.
Uma devoção de grande significado na família é a devoção à Nossa Senhora da Conceição. Existe na Catedral de Nossa Senhora do Livramento uma pequena imagem de Nossa Senhora da Conceição que foi doada pelo Dr. Tanajura à igreja logo após o falecimento de sua esposa Antônia Francisca de Jesus, em 1906. A imagem foi em procissão da Capela da casa da Lagoa até a cidade permanecendo então em um altar de madeira na lateral da nave. Com reformas da igreja a imagem foi colocada ao lado do altar do Santíssimo Sacramento, sendo enfim retirada por reforma da Capela do Santíssimo. Atualmente permanece na sacristia da Catedral. Segundo a tradição uma promessa à Nossa Senhora da Conceição feita pela família Tanajura livrou a cidade da Febre Tifoide no final do século 19.
Outra festa de grande importância na família é a festa do Divino Espírito Santo. Os filhos do major Theodoro Tanajura assinam o nome Espírito Santo devido a esta devoção.
Segundo a tradição as imagens de Nossa Senhora do Livramento e do Sagrado Coração de Jesus foram doadas, no final do século 19, pelas irmãs da família Castro, sendo cunhadas do Dr. Tanajura.
Altar-mor da Catedral de Nossa Senhora do Livramento
Da esquerda para a direita: Sagrado Coração de Jesus, Nossa Senhora do Livramento, ao centro, e São José.
Imagem de Nossa Senhora da Conceição que se venera na Catedral de Nossa Senhora do Livramento, que pertenceu à Capela da casa da Lagoa.
Visita de descendentes Tanajura à Capela no interior da Casa da Lagoa.

2 comentários:

  1. Oi Getúlio, pelo que sempre soube a família Tanajura tinha origem judaica e não se envolvia com a Igreja Católica.

    ResponderExcluir
  2. Caro Heleno,
    Segundo a tradição a família Tanajura teria sim a origem judaica, mas depois do século XVII, depois da visita da inquisição no Brasil, teria se convertido para a religião católica.
    O Dr. Tanajura era católico fervoroso, ao ponto de contruir uma capela no interior da sua residência onde eram realizadas missas com autorização do Arcebispado.
    Esta historia que estou contando agora é em relação aos primeiros Tanajura em Livramento

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.